Um tema muito debatido ultimamente tem sido a produção de músicas e videoclipe de funk por parte de youtubers. Pra sermos mais precisos, dois nomes: Dani Russo e Júlio Cocielo. Isso é legal? Tem chance de dar certo? Pode dar errado?
Vamos lá… o youtuber tem uma vantagem que é o interesse do seu próprio público, aquele que já o acompanha no seu canal e em todos os vídeos que ele produz, já que muito provavelmente esse público vai querer ver o resultado desse novo tipo de trabalho.
Outra vantagem é o fato de saberem como a internet funciona. Sim, um youtuber com experiência pode levar vantagem sobre um MC que está se aventurando pela primeira vez, tanto na parte de produção quanto na divulgação na rede mundial.



Agora, nem tudo são flores para os youtubers quando pisam num cenário desconhecido. Até porque, tem fãs que curtem o trabalho dele e que não gostam de funk. Sendo assim, corre-se o risco de perder esse fã, pelo menos naquele vídeo.
Outro “problema” é o talento, o dom para o funk ou até mesmo para a música em geral. Claro que se bem produzido, o youtuber pode fazer um trabalho de qualidade, agora, é indispensável que tenha talento, se não, não perdurará.
A dica é: vamos ver os trabalhos e julgá-los posteriormente, para que não role aceitação pré – estabelecida ou rejeição preconceituosa!